Seu faturamento subiu de 3 mil reais para 25 mil reais em um único dia da semana, o sábado

Com uma ação promocional voltada a clientes que participaram de uma lista VIP, Karine trabalhou gatilhos mentais que surtiram resultados inesperados 

Por Verônica Guimarães | Jornalista da 8Ps 

Ela era, até então, proprietária de uma loja voltada ao segmento infantil tinha nove anos, na cidade de Marília, interior paulista. Voltada ao público A, a Petit Pon Pon sempre deu um bom retorno para Karine Lombardi. “Eu fiquei um pouco ausente das principais questões do negócio nos últimos meses por motivos pessoais vários, desde a construção da minha casa à chegada do segundo filho. E isso refletiu nas vendas, pois deixei de, inclusive, promover ações que costumava fazer antes para me diferenciar da concorrência”. 

Ela conta que a loja tinha faturamento médio de 80 mil reais, com lucro de cerca de 17% do valor. Nesse período, Karine soube da Imersão 8Ps e decidiu arriscar participar da Turma 39 mesmo incerta de quais eram seus objetivos ali. “Eu precisava pensar na saúde financeira do meu negócio que é conhecido em toda a região, mas não tinha ideia por onde iniciar”. 

E mesmo sem saber recomeçar, Karine teve a iniciativa de, logo no dia seguinte à Imersão, buscar alternativas de acordo com o que havia aprendido no treinamento. “Era o empurrão que eu precisava, o chá de ânimo para um recomeço. Montei um planejamento e passei a executar de maneira imediata. O resultado veio na mesma proporção”, relata. 

As estratégias 

“O ponta-pé foi trabalhar a lista que eu já tinha, entre seguidores nas redes sociais e cadastrados na loja. Pela primeira vez usei o WhatsApp”, conta ela. Montou, então, um grupo limitado, já trabalhando a escassez para participação. “Foi o primeiro resultado, o efeito foi imediato com as interessadas em participar do grupo com a curiosidade de como funcionaria”. 

Aguçada a curiosidade, Karine montou o grupo que, por 34 horas se manteve ativo e muito participativo. “Para essas clientes eu soltei algumas dicas sobre a promoção que eu estava prestes a trabalhar na loja, que seria no sábado seguinte com muitos brindes, inclusive”. 

No dia marcado, a loja estava com produtos remarcados com descontos de até 40%, era a ação “arrasa estoque”, que acontece comumente duas vezes ao ano. “Geralmente nessas duas datas o faturamento vai a até quatro vezes maior. Mas dessa vez atuei de maneira diferente, às participantes do grupo VIP eu trabalhei descontos maiores, que chegaram a 70%. Dei um tratamento diferenciado”. 

Em contrapartida, muitas delas fizeram a divulgação da data, o que ajudou a atrair ainda mais interessadas. “As clientes gostam de se sentir privilegiadas no tratamento e estavam carentes de algo do tipo”, conta ela. 

O dia D 

A resposta veio em resultados: o dia da ação, um sábado, 30 de setembro (praticamente quinze dias após a Imersão 8Ps) contou com a participação de 240 consumidoras. “Isso resultou em um dia de vendas fechado a quase 25 mil reais. Os sábados anteriores haviam tido vendas de menos de 3 mil reais”, justifica. “Só pelos resultados dessa data, já valeu muito a pena participar da Imersão. O retorno veio muito rápido. Retomarei as rédeas no meu negócio novamente e voltamos a crescer. O brilho nos olhos das clientes e a satisfação das vendedoras dava ainda mais ânimo. Mas há alguns meses precisei repassar a loja, já que mudei de cidade. Mas foi das melhores experiências da minha vida”, finaliza Karine. 

Powered by Rock Convert

Veja Também...

Como a empresa 2 Marias aumentou seu ticket médio em 120% em tempos de pandemia

Empresa de consultoria alimentar tem aumento em faturamento de 290 mil ao ano após Imersão 8Ps

Empresário vai à Imersão 8Ps e passa a ter uma nova visão sobre seu negócio

Brasileiro usa Método 8Ps para expandir seus negócios em outros continentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *