Loja de moda fashion soccer cresce 200% em um mês após Imersão 8Ps

Conrado mudou meu modo de pensar, meu comportamento pessoal, meu comportamento com os colaboradores, com os amigos. E me ensinou que a gente é capaz de conquistar o que quiser neste mundo”, avaliou Abílio Anderson, empresário da Research Clothing.

Abílio Anderson da Silva Rosa possui uma loja, na cidade gaúcha de Canoas, de “moda fashion soccer” – segmento que traz as vestimentas usadas por jogadores de futebol fora do campo. “São roupas com que os jogadores vão à balada, que eles curtem usar, um estilo mais rasgadinho, mais básico”, explica o empresário.

Mas, antes de abrir a loja física – inaugurada um mês antes de participar de sua primeira Imersão 8Ps, em maio -, Abílio vendia on-line por meio do Facebook e Instagram, sem anúncios, durante três anos, com apenas dois funcionários. Segundo ele, por não ter muito conhecimento em vendas e publicidade para lojas físicas, fez uma campanha mais “amadora”, o que o fez faturar 30 mil reais naquele mês.

Antes de conhecer Conrado Adolpho, Abílio conta que estava no limite e não sabia se ia para frente com a loja física por conta do baixo faturamento, mas um amigo o convidou para ir à Imersão 8Ps e foi lá que tudo mudou.

Estratégias usadas: resultados na primeira semana

Na semana seguinte à Imersão 8Ps, a Research Clothing já havia faturado 15 mil reais a mais e, em um mês, dobrou seu faturamento, totalizando 62 mil reais. No mês seguinte, passou seu conhecimento para a equipe e teve um crescimento de 200%o triplo – comparado ao valor inicial. “Eu passei para  o marketing o que eu aprendi com o Conrado sobre os 8Ps. Nesse mês que começamos a implantar juntos, vendemos  88 mil reais”, Abílio relatou.

Assim que o empresário voltou do treinamento, reuniu sua equipe e, com a energia lá em cima, começou a aplicar os 8Ps, partindo do 1ºP. A primeira coisa que Abílio fez foi procurar seu público-alvo, já que ele percebeu que estava “vendendo para qualquer um”. “Eu cheguei da Imersão e pensei: bom, eu vou trabalhar com esse público, que é com quem eu me identifico”, ele se lembra. Portanto, começou a traçar a sua persona, fez o avatar, identificou as dores, os sentimentos e as emoções do público, como Conrado Adolpho ensinou na Imersão 8Ps, e começou a anunciar para esse segmento, com resultados no mesmo mês.

Como seu forte era o Instagram (@researchmultimarcas), ele não deixou de fazer a comunicação por lá. Segundo Abílio, foram usadas algumas estratégias, como copywriting, gatilhos mentais e os bônus – estes últimos foram o diferencial para conseguir faturar 88 mil reais no mês seguinte à Imersão 8Ps. Ele conta que mandou fazer caneca e cerveja com o rótulo da loja, formando um kit com frases usadas por jogadores de futebol. Para ganhar o bônus, o cliente precisava gastar 300 reais em sua loja, e isso o fez conquistar 45 mil reais em duas semanas.

Kit usado para o bônus: engajamento imediato | Foto: Divulgação

Seu conhecimento em Instagram já era grande por ser a plataforma principal de vendas, com quase 23 mil seguidores. Sua visibilidade, inclusive, chamou atenção de uma revista da região, que o convidou para uma entrevista. Com os aprendizados do Método 8Ps, o empresário, agora, fundiu as estratégias de vendas tanto na loja física, como no e-commerce. 

Legacy Society: passo para um próximo nível

Abílio Anderson já havia ficado animado com o programa de treinamentos Legacy Society, anunciado por Conrado Adolpho na Imersão 8Ps, mas acabou não comprando. Logo depois dos primeiros resultados com o Método 8Ps,  ele pensou “é agora!” e comprou o curso. “O Legacy vai, de cara, ajudar muito mais para manter esse padrão que a gente já conseguiu”, avaliou.

Abílio Anderson conta os seus resultados durante o curso Maestria Financeira, do Programa Legacy Society, em agosto de 2019 | Foto: Bárbara Chambon

De fato, não apenas o faturamento do negócio aumentou, como sua equipe também. Se, antes, eram apenas três – ele e mais dois colaboradores –, agora a Research tem uma equipe de nove pessoas e, ao designar uma função para cada, o proprietário apenas administra e transmite conhecimento para sua equipe. “Não estou mais na operação, minha função é buscar conhecimento e passá-lo para a empresa e para eles”. Ele complementa: “Agora, tenho certeza de que a gente vai ganhar o mundo com a Research Clothing”.

Assista aqui ao vídeo de resultados.

Powered by Rock Convert

Veja Também...

Durante curso Outlier, aluno cria programa e é chamado para apresentar na BAND

Estratégias do Outlier mudam negócio e faz com que faturamento aumente 69%

Após ir à falência, dono de pizzaria fatura meio milhão com aprendizado da Imersão 8Ps

No treinamento Outlier, empresário quase dobra faturamento em um mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *